2 de novembro de 2013

[entrevista] IÚRI

Allô a todos!

Hoje trago-vos até ao Man Next Door a entrevista feita ao jovem desginer Iúri Coelho. A IÚRI é uma marca dedicada ao menswear que promete e já está dar que falar!
Como todos sabemos, a moda masculina sempre foi um pouco ''descartada'' e agora nota-se que é uma área cada vez mais em crescimento. Penso que é sempre bom haver mais designers que nos queiram vestir (a nós homens) e com pontos de vista diferentes acerca da maneira como o homem se deve apresentar em público, se assim o pudermos dizer.
Apresento-vos então a nova colecção da IÚRI, intitulada de L| AUTRE QUI VIENT. As fotografias ficaram a cargo da fotógrafa Carolina Batista.
Sigam a IÚRI no facebook (aqui)





Man Next Door - Como e quando surgiu o teu interesse pela moda?

Iúri Coelho - A moda surgiu como forma de estimulação do pensamento, pela vontade de criar algo que se adaptasse ao corpo humano, que fosse útil e que possibilitasse uma comunicação não-verbal.

MND - Em que é que te inspiras para as tuas criações?

IC - A desconstrução, enquanto forma de pensamento é uma das influências mais presentes nas minhas colecções. O ser humano, o corpo e os seus limites são algo que também me fascina e que está bastante presente, embora de forma subtil. 
MND - Porque é que preferiste envergar pelo menswear?

IC - O vestuário masculino surgiu por ser na minha opinião mais difícil, mais estimulante e menos explorado.

MND - Dado que trabalhas maioritariamente com moda masculina, o que achas que não pode faltar no roupeiro de um homem?

IC - Um bom casaco, t-shirts e um par de jeans.



MND - Como caracterizas a moda nacional actual?

IC - A moda em Portugal está numa fase de crescimento, cada vez se dá mais importância aos criadores nacionais. Ultimamente têm surgido algumas iniciativas que pretendem mostrar o trabalho de novos criadores o que eu considero bastante importante.

MND - Qual foi o ponto de partida para a criação da tua última colecção?

IC - A última colecção surgiu no seguimento da minha tese de mestrado que se relaciona com a filosofia da desconstrução e o desconstrutivismo arquitectónico.




MND - Qual é a peça (da tua última colecção) que consideras ''chave'', que resume toda a essência da Iúri?

IC - O casaco castanho assimétrico é a peça que melhor a caracteriza.




MND - Que tipo de público é que se identifica com as tuas criações?

IC - Ainda é difícil saber porque é tudo muito recente, mas à partida será alguém com alguma cultura visual e de moda, capaz de utilizar as minhas peças e de as inserir no seu próprio "estilo".

MND - Quais são os teus projectos e objectivos para o futuro enquanto designer?

IC - Por agora pretendo continuar a fazer colecções e tentar estabelecer uma marca própria.






o nosso agradecimento ao Iúri, votos de uma continuação de bom trabalho e até ao próximo post, beijinhos! 

Sem comentários:

Enviar um comentário