25 de abril de 2013

25 de Abril - Ella Fitzgerald



Allô a todos!

Neste ''dia da liberdade'', trago-vos um pouco da minha visão acerca do 25 de Abril e ainda vos trago a comemoração do aniversário da cantora Ella Fitzgerald, que se fosse viva faria os seus magníficos 96 anos! Fica aqui a saudade de uma mais uma boa voz que partiu!
.
25 de Abril de 1974, uma data desconhecida para muitas pessoas espalhadas pelo mundo, mas um marco na história de Portugal e na história dos Portugueses. 39 anos se passaram desde a revolução dos cravos e algumas pessoas pedem uma nova revolução à semelhança da que ocorreu na década de 70. Mas... porquê? e até que ponto é que valerá a pena outra ''revolução''?
Será que o povo estaria pronto para as consequências que um acontecimento desse tipo iria disputar? será que o povo entenderia que nesta altura a classe militar não parece estar tão descontente como à 40 anos atrás, que não temos motivo nenhum sem ser uma crise económica, social e política para reclamar. Será que o povo português em vez de ''planear luta e destruição'' não olha para os excelentes exemplos que temos cá dentro? Temos profissionais de alta qualidade a formarem-se para irem trabalhar lá para fora, com trabalhos garantidos e bem remunerados. 
Chega de pensar só em política e em crise! Temos que dinamizar o nosso país, colocar toda a massa criativa e técnica que temos a trabalhar de modo a sairmos do fosso em que nos colocaram. As pessoas gostam muito de falar de ''poleiro''. Reclamarem dos políticos sem terem sequer votado, dizer que X e Y não faz bem algo e não ter soluções que possam esse X ou esse Y, ou quem sabe até mesmo nós, a fazer melhor, dizer que tudo o que vem do estrangeiro é melhor e tem mais qualidade do que o que é nosso...
Acho que passados estes 39 anos as pessoas não entenderam que não é com manifestações sucessivas que se vai lá, que não é com greves que se vai lá. Já pensaram em colocar 1/5 dos desempregados no campo a cultivar? a desenvolver a paupérrima agricultura que temos? ou a recuperar os monumentos e património público (limpando, polindo a pedra, restaurando, conservando). 
Será que é assim tão difícil de entender?
Deixo-vos a pergunta, respondam para vocês... Independentemente da cor política, ideologia ou seja o que for, o que nos une é um pais com centenas de anos de história, com tanta ou mais qualidade que outros lá fora, com pessoas, ambiente e qualidade de se criar uma vida excelentes.
A mudança tem que começar por nós.


e ainda dentro desta onda, deixo-vos dois vídeos, um é com um excerto do filme - Capitães de Abril, mostrando um lado não tão pacífico da revolução, 

bem como uma música de Ella Fitzgerald - Air Mail Special (uma das minhas favoritas por sinal!)

aproveitem o feriado, descansem e divirtam-se! :))

Sem comentários:

Enviar um comentário